;
Acesso direto ao conteúdo

 

Os Fluxos da Vida

© Aldenor Studart

7 de Dezembro, 2002

Uma característica fundamental de tudo o que existe é o movimento. Mesmo as montanhas, aparentemente inertes, fazem parte deste planeta, que se movimenta pelo Sistema Solar, o qual também desloca na Via Láctea, que por sua vez tem seu próprio movimento, e assim indefinidamente.

Apesar de vivermos num contexto de realidades dinâmicas temos a tendência a uma percepção estática do mundo que nos cerca. É comum prestarmos atenção aos fatos, sem percebermos os fluxos que têm como resultado esses fatos. Em vez de nos concentrarmos no "peixe", que seriam os fatos, por que não treinamos nossa percepção para captar as características e a essência do rio?

Perceber os fluxos da vida e buscar sentir a essência de cada corrente que nos envolve - e nos envolvendo nos leva em seu caminho - é o primeiro passo para uma ampliação de percepção que nos conduz, por conseqüência, a uma expansão de consciência.

Observe um pouco sua própria vida. O momento de hoje, o que podemos rotular de momento presente, é um instante de transição entre o futuro e o passado. O presente é o resultado de decisões voluntárias ou não, tomadas por você e por outros, cujas conseqüências afetaram este seu momento. Essas decisões modificaram o fluxo da vida, da sua vida em particular, resultando na sua posição atual num local no espaço, num determinado ponto do fluxo do tempo.

Procure observar os movimentos que conduzem os fluxos da vida, desde o seu biorritmo, passando pelos fluxos energéticos de desenvolvimento ou destruição de nações - conforme registrado nos livros de história - até o entendimento dos fluxos que geraram as manifestações iniciais de existência, desde o primeiro Big Bang.

Uma grande vantagem de priorizar a análise do fluxo, em vez de nos fixarmos apenas nos fatos, é a possibilidade de podermos tomar decisões tendo menos fatos. Enfatizo que os fatos são importantes e necessários, mas analisar apenas os fatos nos conduz a uma visão limitada da realidade. A análise do contexto, do fluxo dos acontecimentos e das tendências, facilita a visualização do processo e a percepção dessa dinâmica.

Entender, sentir, captar os fluxos em movimento é o primeiro passo para entender respostas cujas perguntas não haviam sido formuladas. Apenas tenha o espírito aberto e o desejo de extrapolar todas as linhas de horizontes que surgirem.

comentários

 

[ Retornar ao Índice ]