;
Acesso direto ao conteúdo

Coleção de Artigos "Saúde e Bem-Estar"

 

Lesões Musculares

Prof. Esp. Walter Soares de Freitas Filho

Graduado em Ed. Física pela Puc Campinas
Pós Graduado em Musculação e Condicionamento Físico pela Fmu - São Paulo
Tel: 19 8116.3469

As lesões ocorrem devido a uma série de fatores: má postura no trabalho, stress (contribui para um número grande), poucas horas de sono, má alimentação, etc. Se você une tudo isso e ainda treina de forma incorreta, o problema é mais sério.

Podemos citar alguns exemplos:

Aquele indivíduo que dorme mal, se alimenta mal e ainda come com pressa, tem problemas no trabalho, enfim, uma vida agitada de cidade grande. Esse indivíduo é um sério candidato a ter algum tipo de lesão. É preciso muita cautela com ele, para que o exercício traga benefícios e não complique ainda mais a sua vida. Outro problema muito sério encontrado nas academias hoje em dia é a pressa em obter um corpo perfeito. O aluno iniciante chega, e em um mês quer ter aquele corpo igual ao de um atleta que treina há aproximadamente uma década, se alimenta bem, não bebe, não fuma e sempre teve uma vida regrada. Muitas vezes esse aluno não tem ou não aceita a orientação do profissional e acaba se machucando.

Pessoas que desejam perder o excesso de peso adquirido em uma vida inteira, em um único verão, são alvo fácil de lesões. Um outro fato muito comum hoje em dia é o uso de esteróides anabolizantes que trazem consequências desastrosas para o organismo humano.

Juntando tudo isso deve-se levar em conta que todos os seres humanos são diferentes. Por maiores que sejam nossas semelhanças físicas, somos muito diferentes uns dos outros. Por isso, antes de começar um programa de exercícios é preciso atentar para alguns detalhes de extrema importância. São eles:

  • O profissional escolhido tem formação em Educação Física? Pois só um professor capacitado está apto a prescrever exercícios, ninguém mais. Médicos, fisioterapeutas e outros não possuem formação para este tipo de aconselhamento. O médico deve ser procurado para exames cardiovasculares e teste de esforço. Fisioterapeutas entendem de tratamento, recuperação e não treinamento.

  • O profissional escolhido tem registro no conselho regional de Ed. Física?

Mesmo atentando para os dois itens acima, ainda assim, temos que escolher cuidadosamente a quem vamos "entregar nosso corpo".

Não existem exercícios contra-indicados, e sim pessoas contra indicadas para determinados exercícios. O bom profissional saberá, através de uma avaliação física, prescrever o melhor programa para atender as necessidades individuais de cada um.

Somos diferentes. Viemos de pais e mães diferentes. Temos estilos de vida diferentes uns dos outros. Precisamos de programas de exercícios que atendam nossas necessidades individuais.

O exercício mau feito só trará prejuízo. Portanto, muito cuidado!

comentários

 

[ Retornar ao Índice ]