;

MAPAS MENTAIS - Desenvolvendo Inteligências

Inteligência Dinâmica

O que é:

É um curso intensivo e prático para desenvolver técnicas eficazes de gerenciamento (organização, classificação, hierarquização, seleção, síntese e memorização) e criação de informações desenvolvido para estudantes e aprendizes de todos os níveis que desejem melhorar o seu desempenho de aprendizagem e a excelência em estruturação de conteúdos. Aborda potentes técnicas de integração de funções de hemisférios cerebrais para desenvolver a inteligência, a capacidade de estabelecer relações, a atenção e a habilidade de processar e reter informações.

Cadastre-se na comunidade Potencial Humano e receba gratuitamente vários conteúdos sobre mapas mentais.

Veja vários mapas e mais informações no site Mapas Mentais

Objetivos:

Instrumentalizar estudantes de quaisquer assuntos para melhorar o foco de atenção, a concentração e o aprendizado durante aulas ou palestras, enfatizando especialmente a competência de sintetizar informações (resumir textos) e a criatividade, além de sistematizar as estratégias de estudos, aumentando assim o grau de compreensão da informação escrita ou falada.

Resultados mais Comuns:

  • Desenvolvimento do foco de atenção e métodos rápidos de anotação para aulas, palestras e cursos;
  • Desenvolvimento do pensamento global, da capacidade de elaborar resumos e de extrair conhecimentos úteis de conteúdos escritos ou falados;
  • Treinamento de estratégias de elaboração de textos, relatórios, redação e elaboração de livros;
  • Abrangência mental: agilidade no trânsito do pensamento geral para os detalhes e vice-versa;
  • Recursos e estratégias para análise e solução de problemas;
  • Expansão de Consciência: Método de múltipla estimulação sensorial de integração de funções dos dois hemisférios cerebrais, cujos benefícios secundários incluem descondicionamento mental e emocional, maior criatividade, desinibição e desbloqueio de comunicação, mais motivação, aumento de sensibilidade, melhora de concentração, alteração nas estratégias de tomada de decisão, desenvolvimento da percepção.

Programa:

  1. Novos paradigmas na gestão do conhecimento e gerenciamento de informações;
  2. Métodos, técnicas e procedimentos de elaboração de Mapas Mentais;
  3. Otimização de estratégias cerebrais e técnicas de visualização;
  4. Imaginação, criatividade, memorização e concentração durante os estudos ou sessões de aprendizagem;
  5. Hierarquia de idéias e conceitos, síntese de informações e elaboração de resumos;
  6. Autocinética: uma simples e poderosa técnica de focalização de atenção;
  7. Técnicas de solução de problemas e métodos de ativação do processo criativo inconsciente.

Quem deve participar:

  • Estudantes de todos os níveis que necessitem de melhores recursos para aprender e reter informações além de organizar seus sistemas de estudo e melhorar o desempenho em provas;
  • Professores, profissionais e executivos que desejem desenvolver novas formas de abordar problemas ou ensinar seus colaboradores a obterem melhor desempenho na gestão do conhecimento.

Facilitadores

Walther Hermann Kerth

Viviani Bovo

Quantidade de participantes:

30 vagas

Carga horária:

20h (vinte horas)

Mais informações: Agenda de eventos, investimentos, locais.

Inscrições: clique aqui


MAPAS MENTAIS - Uma breve explicação

Uma grande mudança de paradigma

O estilo de pensamento desenvolvido dentro do ensino formal privilegia a habilidade lógica e seqüencial própria dos textos acadêmicos - funções desempenhadas com facilidade pelo nosso hemisfério cerebral esquerdo.

Porém, pensadores como Einstein ou Leonardo da Vinci possuiam outras estratégias de gerenciamento do conhecimento, haja vista os seus manuscritos, repletos de ilustrações, esquemas, desenhos e símbolos.

Metaforicamente, você pode compreender aqueles que utilizam-se somente da razão para processar o conhecimento, ignorando o potencial de síntese, integração e criação próprios do estilo de processamento mental associado ao hemisfério cerebral direito, como se fossem pessoas que andam com apenas uma das pernas, já que sua outra perna ficou atrofiada por falta de uso ou aplicação.

Assim, o desenvolvimento de novas formas de pensar e gerenciar informações pode ser a diferença que faça a diferença na sua forma de elaborar relatórios, escrever livros, tomar nota de palestras, planejar ou apenas despertar parte de um potencial adormecido em nossa mente.

Mais informações em: