Depoimentos

Depoimentos em vídeos

Sobre a Formação de PNL – Dra. Silvana Bortoncello – Fonoaudióloga e Hipnoterapeuta – Bento Gonçalves – RS

Sobre a Formação de PNL – Tiago Agustinho Borges – Servidor Público Federal e Palestrante – Brasília – DF

 

Sobre o curso Como Falar Outros Idiomas – Maria de Lourdes Varella – Psicóloga e Coach – São Paulo – SP

Sobre o curso Como Falar Outros Idiomas – Elaine Borges – Terapeuta e Promotora de Eventos – Curitiba – PR

Sobre o curso Como Falar Outros Idiomas – Engº José Renato Milet – Empresário, consultor e treinador – Rio de Janeiro – RJ

Sobre os cursos de PNL,  Como Falar Outros Idiomas e Mapas Mentais – Adm. Carlos Pagliari – Empresário – São Paulo – SP

Sobre o curso de Mapas Mentais e Desenvolvimento de Inteligências – Gabriel Carvalho –  Estudante Universitário e Webdesigner – São Paulo – SP

Sobre o curso Como Falar Outros Idiomas – Dra. Vera Boeing – Psicóloga, Coach e Consultora de empresas – Curitiba – PR

Sobre o curso de Mapas Mentais e Desenvolvimento de Inteligências – Mirian Hatori –  Empresária e Coach de Negócios – Curitiba – PR e Campinas  – SP

Sobre o curso Como Falar Outros Idiomas – Helenita Xavier da Rosa – Coach e Professora de inglês – São Paulo – SP

Sobre o curso de Mapas Mentais e Desenvolvimento de Inteligências – Dr. Silvandro J. Jorge –  Médico Psiquiatra – Curitiba – PR

Sobre o curso Como Falar Outros Idiomas – Almerinda Dias Camargo – Professora – São Paulo – SP

Sobre o curso de Mapas Mentais e Desenvolvimento de Inteligências – Vinícius Nascimento –  Empreendedor,  Coach e Terapeuta – São Paulo – SP

Sobre o curso Como Falar Outros Idiomas – Genira Rosa dos Santos – Treinadora Comportamental e de Dinâmica de Grupos – São Paulo – SP

Sobre o curso Como Falar Outros Idiomas – Enver Malaquias – Engenheiro – Angola e Curitiba – PR

Sobre o curso de Como Falar Outros Idiomas – Terê Passarella –  Intérprete, Coach, Terapeuta e Treinadora de PNL – São Paulo – SP

Sobre o curso de Como Falar Outros Idiomas – Gabriel Carvalho –  Estudante Universitário e Webdesigner – São Paulo – SP

Sobre o curso de Mapas Mentais e Desenvolvimento de Inteligências – Elaine Borges – Terapeuta e Promotora de Eventos – Curitiba – PR

Depoimentos escritos

O curso de PNL com o Walther e com a Vivi foi uma das melhores experiências de minha vida. É impressionante a capacidade que eles têm de, em um final de semana, trazer a tona o melhor de cada um de nós.
Vitor Veiga
Avaré – SP

A qualidade dos ensinamentos de Walther e Viviani é simplesmente excepcional. Alguns cursos repeti em função da excelente forma de apresentação e compartilhamento sem fronteiras do conhecimento. Vocês dão vida e sabor à PNL. Obrigado pela sua contribuição ao meu eterno aprendizado.
Jose Guillermo Osorio H.
Ouro Branco, MG

É um curso de liberação de todo potencial humano de aprendizagem que coloca você de volta no caminho de se tornar tudo aquilo que você pode e deseja alcançar… O idioma é uma das inúmeras opções!
Cecília Lauriano
São Paulo – SP

Infelizmente, por uma série de afazeres profissionais e por um MBA, não acompanhei o curso na forma mais adequada, estando bastante atrasado em relação ao resto da turma. No entanto, embora já tivesse um conhecimento intermediário que me possibilitava ler com desenvoltura diversos textos técnicos em inglês, as lições que consegui completar me ajudaram bastante para aumentar a velocidade de leitura e também a compreensão do inglês oral. Tal ajuda foi essencial durante a revisão bibliográfica que fiz para elaboração da monografia da pós-graduação, quando tive que ler diversos livros e “papers” em inglês. O meu entusiasmo com o método do IOL se traduziu na indicação deste curso, o que resultou em pelo menos mais duas matrículas.
Felipe Pullen Parente
Brasilia – DF

Venho através deste descrever minha satisfação e aproveitamento deste curso. Minha primeira intenção em fazer o curso foi aprimoramento e crescimento profissional. Gostei muito do método. Já tentei fazer outros cursos. Mas nenhum deles possui a motivação e entusiasmo oferecido por este. De todos os outros cursos que comecei e não terminei, sei que meu aproveitamento era até satisfatório. Agradeço muito ao IDPH por isso e aconselho aos amigos e familiares que estiverem interessados em fazer, renovar ou aprimorar o ingles, este método é muito bom.
Erasmo Vieira

Meu principal objetivo para realizar o curso era realmente matar os leões interiores que me impediam de aprender e ser fluente no idiomas, neste caso o inglês. Fui surpreendida com atividades que derrubaram toda uma estrutura já montada de aprendizado. Simplesmente fantástico! Senti que todas as minhas conexões cerebrais se reconectaram de uma maneira veloz e clara. Mais prática; aí a surpresa! Após uma das atividades, meu desejo de falar o idioma era forte e insistente. Era como se ele fosse parte integrante da minha mente há muito tempo. Foi como abrir a gaveta e tirar dela o meu CD favorito. Agora os leões fazem parte da festa.
Cibele Bartholomeu
Jundiaí – SP

Desde que comecei a fazer o curso, melhorei muito minha leitura. Sempre gostei de aprender inglês, mas com as apostilas, acabei adquirindo o hábito de ler em inglês todos os dias. Tem sido muito bom navegar em sites de língua inglesa, e perceber que consigo entender senão tudo, pelo menos a essência do que está escrito.
Ana Paula
Santo André – SP

Recomendaria este curso àqueles que querem se dedicar num processo de autodesenvolvimento
Carlos Roberto Bazana – Minas Gerais

Antes do curso, não conseguia entender ou distinguir as palavras em inglês, agora minha percepção em relação às palavras aumentaram em mais ou menos 98%.
Allan Gutierrez Valeria
São Paulo – SP

O Curso de Inglês Online do IDPH é realmente vibrante e essa vibração se faz possível vivenciar a partir do momento que verificamos que o curso realmente funciona, e o que é melhor, sem fazer esforço. Parece mágica. Contudo, a velocidade de aprendizado, bem como o nível de absorção de conhecimentos que o curso pode oferecer, vai depender somente do grau de motivação que você vai se permitir a dar, pois as técnicas, assim como o pessoal do IDPH cumprem o que prometem.
Adriano Candido de Oliveira

Através deste curso eu percebi que posso aprender línguas de uma forma divertida e bem diferente dos métodos convencionais. Nas 19h de curso, não houve um minuto desperdiçado e a minha atenção foi 100% aproveitada. Percebi que posso ser muito mais criativa e autoconfiante do que imaginava. Levei comigo uma grande admiração pelo Walther por sua sensibilidade e profundo conhecimento no assunto. Obrigada!
Denise Milet
Rio de Janeiro – RJ

Quem tiver olhos para ver que veja e ouvidos para ouvir que ouça: as formações de Practitioner e Master em PNL foram o “milagre” que me permitiram ver milhões de oportunidades e ouvir quantas capacidades tenho para aproveitá-las!
Roseli Ferreira da Silva
São Paulo – SP

Um curso revolucionário que todos os realmente interessados em aprender uma língua estrangeira deveriam fazer, todos os que não têm medo de quebrar paradigmas e todos com coragem de não seguir as regras dos estudos comuns. Um curso muito bom, de ótimo nível e bem estruturado.
Érico Berriel
São Paulo – SP

Foi o único curso que fiz até hoje que realmente “ensina a pescar”! Tem como objetivo realmente a meta do aluno, quebrando paradigmas e passando informações verdadeiramente relevantes!
Cristina Canto
São Paulo – SP

O curso proporciona uma nova visão sobre o que é aprender, e como utiliza o aprendizado de línguas como tema, e dentro de todas as opções disponíveis, a língua inglesa, ajuda a derrubar barreiras que trazemos desde a infância e adolescência. Ler qualquer texto ficou muito fácil, e se for algo ou assunto que eu gosto, muito divertido.
Nelson H. F. de Oliveira
Campinas – SP

Excelente o curso, o conteúdo e muitas ideias inovadoras que pretendo colocar em prática imediatamente.
Claudio Vargas de Souza
Sorocaba – SP

O desbloqueio vai além do esperado… Ele nos ajuda a superar aquilo que antes chamávamos de bloqueios! Foi divertido e transformador.
Carlos Pagliari
São Paulo – SP

O IDPH tem o caminho para você aprender inglês!
Kleber D. Martins
Jacarezinho – PR

Aprender PNL me ajudou a ver o mundo de uma nova perspectiva e me deu ferramentas que me ajudam a trilhar meu caminho no objetivo de obter liberdade psicoemocional e de pensamento que, para mim, é o sustentáculo de uma vida feliz e de sucesso. Hoje me sinto muito mais livre e uso o meu poder de criação para me levar na direção da compreensão da vida e o universo além de um contato maior com seu grande arquiteto.
Cícero Aparecido Cipriano
São Paulo – SP

A pessoa e os cursos de Walther me inspiram gratidão, pois me fizeram iniciar uma caminhada, sem medo, pelo mundo do absurdo como algo viável e até mesmo encantador. O absurdo como aqueles momentos da vida que nos tocam de uma maneira tão intensa, sólida e amedrontadora a ponto de restringir e aprisionar o que temos de melhor. O absurdo tornou-se meu aliado.
Solange Reichmann
Curitiba – PR

Se você já tem o inglês que eu tenho, sabe ler tudo, compreende, tem vocabulário, mas fica inibido na hora de conversar, você vai perceber em dado momento do curso que você pode superar isso e se tornar confiante uma vez que entende a dimensão do seu poder pessoal.
Claudine Melnik
Santana do Parnaíba – SP

Vocês vendem um produto, mas entregam um monte deles… Parece que a gente sai daqui sem nem conseguir carregar tudo direito!
Marcelo Araújo
São Paulo – SP

É fantástica a técnica utilizada, pois em apenas dois dias de curso pude desligar, ou melhor, esquecer do meu tradutor interno e compreender textos e músicas em inglês, com naturalidadae e satisfação, sem estresse.
Rosangela Cabral de Barros
São Paulo – SP

Realizar este curso com o Walther me abriu um universo de possibilidades que posso realizar com o uso da língua inglesa e que estavam dentro de mim. Agora tenho condições de explorar muito mais o conhecimento e principalmente me comunicar em outra língua de uma forma divertida.
Celso Lara de Souza
Maringá – SP

O Master Practitioner em PNL possibilitou um grande crescimento pessoal, profissional e expansão da minha consciência. Foram momentos de muitas descobertas, intensa troca e mudanças. Foi fantástico perceber que a partir dos conhecimentos que fui adquirindo, eu já estava reorganizando, ressignificando e mudando muitas coisas. Agora tenho ferramentas para dar continuidade ao meu processo de mudanças e posso ajudar nos processos de transformações de outros. E ainda por cima terminei o Master com a certeza de que o dinheiro investido já havia retornado e com juros! Com certeza eu faria de novo!
Adriana Alexandra Gomes Moraes
São Paulo – SP

O curso “Como Falar Outros Idiomas” é completo e dinâmico ao ponto de vermos os resultados a cada hora, pois nos sentimos evoluindo a cada novo capítulo, tópico ou tema. A forma de ensino e aprendizagem desenvolvida é muito agradável e motivadora. Os conteúdos e as ferramentas apresentados são muito importantes para o domínio do novo idioma. Nota 10!
Valter Sérgio Balazina
Campinas – SP

O curso de PNL foi muito importante, sou outra pessoa com minha familia, colegas e clientes. A minha maneira de me comportar em varios ambientes mudou da água para o vinho, e o mais importante é que posso ajudar as pessoas. Se eu tivesse conhecido a Programação Neurolinguistica há 10 anos, “olha”, eu seria uma pessoa milhonaria em todos os sentidos da minha vida. Obrigado a toda equipe.
Edmilson Macedo de Araujo
São Paulo – SP

O Curso, mesmo sendo online, foi capaz de quebrar aquela dificuldade de aprender inglês, pois estudar diariamente sem a necessidade da pressão de ter que aprender inglês, foi prazeroso.
Waldemir Gonçalves Nascimento
Ananindeua – PA

Quando pensei em realizar o curso tinha algumas dúvidas, pois depois de passar por tantos métodos/escolas sempre ficamos desconfiados, mas neste final de semana aprendi a pescar… agora só depende da minha dedicação.
Adriano Degaspare
Paulínia – SP

Curso realmente satisfatório e condizente com o prometido. Realmente aprendi sem esforço e brincando. Parabéns pelos professores e didática.
Felipe Uliani
Campinas – SP

O curso me ajudou a ter muita confiança, aprendi muito me divertindo, o curso ajudou até a superar um pouco a timidez, pois estou 100% confiante.
Thomaz de Carvalho e Silva
Campinas – SP

Quando há um curso pela Internet, com metodologia diferente, fica sempre um receio de pagar para ver. Mas o curso de inglês IDPH é real, seguro e eficaz. A gente pensa que uma lição por semana é pouco, mas não é. Os textos, as piadas e as músicas são ótimos. Com dedicação chega-se a um resultado surpreendente. Valeu!
Deusa Luzia de Freitas Lima

Ótimo curso, gostei muito da forma como é explicado o funcionamento da metodologia, realmente faz muito sentido entendermos que aprender uma nova língua é semelhante ao momento em que aprendemos nossa própria língua materna.
Raimundo Alves Portela Filho
Brasília – DF

Achei o curso excelente, tanto pela metodologia, conteúdo e seriedade no envio das aulas. Estive motivada durante o ano todo, estudando, nem que fosse um parágrafo, todos os dias. E foram todos os dias mesmo (com excessão de uns 2 ou 3 dias durante o ano). E buscava o material com prazer. Não foi esforço nenhum. Como o aprendizado ocorria a cada dia, cada vez mais me sentia motivada a continuar. Adorei a maioria das músicas, pois são parte do meu gosto pessoal, as frases do vocabulário e tudo o mais. Quando vi que não conseguiria aprender a ler, ouvir e falar bem durante o decorrer do curso, optei por me dedicar à leitura, pois pretendia fazer um mestrado mas que acabei desistindo. Posso dizer que já compreendo bem todos os textos do curso, embora esteja ainda um pouco presa a parte traduzida. Eu era uma daquelas pessoas que se consideravam bloqueadas para línguas e agora vejo bem que é realmente uma questão de estudo e treino. Bom, passei todo o ano me dedicando à leitura e um pouco audição com as músicas. Terminando as lições, iniciarei o curso tendo como objetivo aperfeiçoar a parte de audição e começar a falar. E assim ir aprimorando cada vez mais. Acredito que não paro mais de aprender línguas. É isso, agradeço imensamente ao idph por ter me proporcionado este aprendizado. Vocês estão de parabéns pelo curso.
Luciane Sobrosa Lacerda

Encontrei um método particular de estudo, que me proporciona prazer e me dá a segurança de ser eficaz. Estou totalmente motivado para prosseguir com os estudos. E, por último, tenho uma grande quantidade de material para correr atrás de meus objetivos. Não acho certo considerar o foco do curso como o melhor, antes julgo que todo curso deveria ter esse mesmo foco; afinal, o caminho ensinado é o natural: tendo por base o contato que a criança tem com o idioma materno; o método é o individual: desenvolvido pelo próprio estudante no decorrer das lições, conforme a adequação espontânea. O curso, em nenhum momento, se cega ao lucro ou promove a ilusão, mas se compromete com a motivação e o desenvolvimento do potencial humano. Um programa de treinamento sensível às deficiências do ser humano, de maneira que busca a motivação em primeiro plano. Junto com o conteúdo, vai o incentivo; junto com a aprendizagem, o acreditar em si.
Valter Menezes Vieira Junior

Antes de tudo, quero dizer que, depois de ouvir as palestras, ler os textos, links, músicas, enfim tudo, quero dizer que eu realmente encontrei o que procurava a tanto tempo. Por alguma razão que não sei explicar qual, sabia que tinha que encontrar uma forma de aprendizado, exatamente como a do curso de inglês do IDPH. Há algum tempo, eu mantinha um site sobre o ensino de música, tanto a teoria quanto a prática e para mim, a forma como se deveria ensinar música e consequentemente aprender música seria da mesma forma, através do mesmo processo; ouvindo, assistindo e repetindo e somente depois dar início ao aprendizado da teoria musical. Ainda hoje, um bom número de artistas, inclusive consagrados, já confessaram conhecer apenas o básico da teoria, tendo formado seu conhecimento musical graças a vontade própria, ou até mesmo a necessidade. Ainda nem comecei o curso de inglês e já me considero um fã da metodologia e agradeço imensamente por poder ter acesso a ele. Vou estudar com alegria e determinação. Agradeço a todos pelo esforço no desenvolvimento de tal metodologia e pela forma como fazem chegar até aos interessados, neste caso particular, eu. Meu nome é Sydnei Lucchesi Le Petit, completo 50 anos em 19 de fevereiro de 2009. Sou formado em Análise de Sistemas pela UNIMEP e usarei o aprendizado para satisfação social e profissional. Além do campo profissional, dedico considerado tempo no estudo e na pesquisa a cerca de Música.
Sydnei Lucchesi Le Petit

Walther e Viviani, gostaria de agradecer a oportunidade de tê-los conhecido e aprendido tanto com vocês em apenas um final de semana. Vocês são sérios, comprometidos, estruturados. Valeu a pena cada minuto que passamos juntos trabalhando! Recomendo muito!!! Vocês estão de parabéns pela competência, sabedoria e honestidade na sua proposta.
Fátima Cristina Ferreira Doca
São Paulo – SP

Aos sessenta anos, não imaginava que pudesse ser influenciado; por alguma coisa que alguém pudesse mexer com minha cabeça. Mas foi isso que aconteceu quando fiz o curso de Aprendizado Acelerado de Línguas, com Walther Hermann. Saí do curso com uma semente plantada em minha mente, ver o mundo com outros olhos, com mais energia, com mais atenção.
Eng. Gerhard Abeling
São Paulo – SP

I’ve learned a lot with the course. Each lesson provides suggestions and methods, new vocabulary, phrasal verbs and some interesting text and lyrics. I can improve my vocabulary, train my sense of hearing/audition, learning about new things from the texts in a short time. It was excellent for improving my english.
Salverino Kashimoto
Juiz de Fora – MG

Antes do curso eu tinha uma expectativa boa em relação ao curso, mas ao mesmo tempo estava um pouco cético. O curso realmente me surpreendeu muito com a dinâmica das aulas e com as novas ferramentas de aprendizagem que têm um poder muito grande ao experimentá-las no dia-a-dia.
Eduardo Zacchello Nahas
Campinas – SP

Eu recomendo que outras pessoas interessadas em se auto-conhecer não percam a oportunidade de fazer este curso, não apenas buscando a necessidade de falar outro idioma, mas em adquirir novas técnicas de conduta.
Ernani Dias Ferreira
São Paulo – SP

Fiquei muito bem impressionado com o poder dessa incrível ferramenta de aprendizado e tenho sempre recomendado esse curso aos meus colegas executivos, no sentido de que eles também possam ter essa fantástica experiência.
Eng. J. R. Benites
São Paulo – SP

Poucas coisas na minha vida me surpreendem, mas depois de 31 anos, o novo enfoque para o estudo em geral de línguas e outras matérias oferecido neste curso fizeram que mudasse vários conceitos sobre a vida. Sou professor de engenharia há 9 anos e hoje estou convencido que o aprendizado é um processo que deve ser feito de forma divertida e sem estresse, no qual o estudante escolhe as formas nas quais deseja aprender. Estas mudanças são graças ao novo enfoque que me transmitiram os professores deste curso… Muito obrigado.
Juan Miguel Mesa Pérez
Campinas- SP

Fiz dois semestres de inglês na Faculdade e teve um professor que incentivava bastante a turma a estudar inglês… Bem, o meu ritmo de estudo é sistemático. Todos os dias, chego 1 hora antes no serviço para cantar, ouvir os arquivos MP3 e durante o café da manhã que tomo na padaria, fico estudando as lições. Posso dizer que o resultado está sendo bom. Por exemplo, estou fazendo vários cursos na EFATEC, um centro de treinamento Microsoft, as apostilas são em inglês, mas para mim tornou-se um inglês bem primário. Então, se o objetivo era a leitura técnica, posso dizer que o objetivo foi alcançado.
Antônio Francisco Moreira Neto
Brasília – DF

O curso possui um perfil de brilhantismo apresentando uma metodologia atraente fixando e ampliando a motivação consegue transcender o “sacrifício” do auto didatismo de um idioma passando até um ar de orgulho e auto estima sendo você um dos participantes. Um pouco de boa vontade e seguindo os conselhos e sugestões, não há erro. A leitura e a compreensão de textos melhora muito. E nos filmes a satisfação de começar a entender alguma coisa realmente dá o maior prazer. Está valendo!
Márcio Coutinho
Rio de Janeiro – RJ

Como explicar o sabor de uma fruta, mesmo se ela for deliciosa? O jeito é experimentar… Saborear. Sinto-me privilegiado por ter podido saborear este curso. Parabéns!
Dines Schaffer
Campinas – SP

O Curso de Inglês ONLINE do IDPH mudou meu conceito de aprendizado.
Ivan Borges

À princípio tive um medo de fazer o curso, devido a tantos anos de dificuldades com o aprendizado em outras escolas. Mas o curso me surpreendeu porque em dois dias tive resultados além dos esperados no aprendizado da língua. Resultados que trazem desde já mudanças significativas na minha vida.
Daniel de Simone
Mogi das Cruzes – SP

O curso de Inglês do IDPH é o máximo, porque não ensina apenas inglês, ele nos ensina a aprender, nos orienta para um aprendizado verdadeiro. Além do mais, une o útil ao agradável, aprendemos inglês através de lindas mensagens e belas músicas. É realmente interessante e estimulante!
Carla Souza Campos

Fui para o curso de Aprendizagem Acelerada de Línguas com um pensamento de desbloqueio, comparado ao liga-desliga de uma chava em minha mente. Em um final de semana, divertido e descontraído, aprendi a ligar as chaves certas que estavam escondidas em mim mesmo e que encontrei com a paciente e perseverante ajuda de Walther.
Sr. Laerte Russo Farias
São Paulo – SP

“Utilizo os MM para realizar meus planejamentos de negócios (planejamento estratégico, business plan, cash-flow, campos de força, pesquisa de mercado, análise de valor, etc.), desenvolvimento de programas gerenciais (plano de aula, pesquisa e desenvolvimento de conteúdos e abordagens, resumo de livros e apostilas, etc.). Devido a contatos com políticos, os utilizo também em cenarizações, planejamento estratégico situacional e outras. Faço meus mapas mentais em software, uso o Intelimap, nacional e superior aos demais. No início eu utilizava o Mindman Personal, porém com o nacional abandonei o antigo.”

Sr. Reinaldo Geraldo
São Bernardo do Campo – SP

“Uso mapas mentais desde ‘criancinha’, na escola, mas eu chamava de ‘esquema’. Aliás, só funciono usando o ‘esquema’, até meu livro foi escrito assim… É realmente uma ferramenta maravilhosa, e faço tudo para que as pessoas usufruam deste benefício. Além das vantagens de macrovisão, aumenta a criatividade e torna mais claro os caminhos possíveis para a realização do projeto. Quando trabalho com crianças ou profissionais com limitações culturais, uso uma árvore, onde o caule está sempre presente, e vou conduzindo para a elaboração das raízes, dos galhos e das folhas. Também é muito bom para planejar palestras e projetos e para usar em reuniões de brainstorming.”

Sra . Vera Poder

 

“Actualmente sou um grande utilizador do vosso software InteliMap, para organizar as minhas tarefas diárias, médio e longo prazo, na Gestão de Projectos de Formação e para a organização de outros eventos. A utilização do seu software permite fazer a distribuição por várias zonas do país, alocando as turmas ás salas fazendo depois a calendarização com a respectiva empresa que naquelas datas vai dar a formação.  Utilizar os Mapas Mentais para organizar esses tipos de projectos permite-me memorizar facilmente toda a organização do projecto e assim saber “quem, onde e quando” vai ser dada uma determinada acção de formação.

Sr. Jorge Alberto Cosme Sousa Roberto
Portugal

“Acabo de ingressar em um programa de doutorado e o uso de mapas mentais me ajudou muito na seleção para o ingresso. Como para a avaliação tinha que ler algumas dezenas de artigos, construí um mapa mental de cada artigo lido. Isso ajudou no entendimento dos mesmos e na posterior recordação. Uso também mapas mentais no trabalho como uma forma de organização de idéias em diversos projetos. Também estou testando o Intelimap e gostando bastante.”

Sr. Gustavo Cavalcante
Brasília – DF

“Considero o livro Mapas Mentais e sua Elaboração, do inglês Tony Buzan, muito prático e interessante. O texto estimula a criatividade. Hoje planejo com eficiência meus horários de treino e competição e sou mais organizado em relação aos compromissos profissionais, pessoais e sociais, pois aprendi a otimizar o meu tempo”. [publicado na revista Nova Escola, abril/2006]

Sr. Hugo Hoyama

“Sou professor de Economia em faculdade particular, presto serviços de consultoria econômica. No meu atual trabalho, em dois estudos (um sobre conjuntura econômica e outro sobre finanças públicas), estou utilizando o Intelimap para planejamento e para produzir resumos de textos pesquisados por mim e dois estagiários. Na faculdade uso o InteliMap junto a alunos de Economia Ambiental do curso de Engenharia Ambiental.”

Sr. José Maria Reganhan
Foz do Iguaçu/PR

“Eu uso e abuso dos mapas mentais nos meus estudos. Para toda matéria que preciso estudar sempre faço um mapa mental, pois assim retenho mais e bem mais rapidamente. Como preciso estudar muitos artigos jurídicos, textos extensos e ‘chatos’, utilizo a técnica dos mapas mentais. Assim essas matérias ficam agradáveis e gostosas de se estudar pela aparência colorida e organizada dos mapas mentais. Assim, já estou com o artigo 5º da Constituição na ponta da língua, num estudo de 5 dias em duas horas cada. Já passei num concurso público e no cursinho tenho me destacado como um dos melhores alunos. E isto tudo é o que me proporcionou o estudo com mapas mentais, pois quando preciso me lembrar de algum tópico ele me salta na mente exatamente no lugar onde ele está no mapa mental. Enfim, esta é uma ferramenta indispensável para alguém que, assim como eu, precisa estudar muitas matérias e ainda evitar o stress.”

Sr. Rodrigo Ferreira

“Registrei o seu software EasyMapper com sucesso. Já havia adquirido o seu e-book Modelos e Métodos para Usar Mapas Mentais. Uso mapas mentais para fazer resumo de alguns conteúdos que trabalho em sala de aula (Análise Combinatória, Probabilidade e Estatística). Uso também para estudar. O formato discursivo de algumas disciplinas da Engenharia Civil permite construir resumos em forma de mapas mentais, outras, por exemplo: cálculo de estruturas, instalações elétricas, hidráulicas, etc. Devemos seguir os mesmos passos para obtermos o resultado final, além de ter que atender as NBRs. Por exemplo: em um projeto de instalações, faço um mapa dos itens da NBR que atenda o projeto, em seguida faço um mapa dos passos que devo seguir para o dimensionamento de cabos elétricos, disjuntores, tomadas, interruptores, aterramento, etc. Naturalmente existem softwares que fazem todo esse trabalho mas como não posso usá-los em provas, os mapas mentais aumentam minha produtividade durante os estudos.”

Sr. Magdal Custódio
Brasília – DF

“Sou aposentada da Universidade Federal do Paraná e, no momento, trabalho em uma faculdade particular no curso de Pedagogia. Preocupo-me muito com a questão da aprendizagem – o que fica do que trabalhamos com nossos alunos. Os mapas mentais deram uma luz em meus questionamentos, eu os utilizo como uma estratégia de aprendizagem. Meus alunos adoram criar mapas e guardam muito mais o que aprendem. Quase todos os textos trabalhados se tranformam em lindas estruturas mentais. A criatividade corre solta. Escrevi um texto sobre mapas mentais que foi publicado em um jornal, tive um retorno muito grande de questionamentos de professores. Em uma reunião de departamento da Faculdade fui solicitada a falar sobre esse assunto, que gerou muito interesse.”

Sra. Elinor Ribeiro

“Fui apresentado aos mapas mentais quando estava estudando para certificação PMP; esse método me auxiliou bastante a compreender com mais facilidade como desenvolver EAPs (Estruturas Analíticas de Projetos), que identificam o trabalho a ser realizado em projetos. Deste então venho estendendo a utilização dos mapas mentais para muitas outras atividades profissionais e pessoais, como registro de reuniões, montagem de checklists, captação de ideias em brainstorms, identificação de riscos em projetos e até mesmo para auxiliar meu filhos nos estudos do colégio, para quem desde cedo venho demonstrando esse método prático e de extrema utilidade.”

Sr. Henrique da Silva Barreto
Fortaleza – CE

“Sou analista de sistemas e escritor de 3 livros de tecnologia, 2 deles voltados para o mercado de jogos de computador. Hoje, tenho usado muito os mapas mentais para a criação de Inteligência Artificial, como por exemplo o diálogo entre personagens ou então em sistemas mais complexos com algoritmos de pathFind (pesquisa de caminhos). Também utilizamos muito este tipo de sistema para organizar visualmente a estrutura de nossos projetos. É incrível como a equipe inteira se beneficiou deste modelo de apresentar a ideia dos jogos, softwares ou qualquer produto que apareça para desenvolvermos utilizando a estrutura de um mapa mental. Admito que no início o que eu achava que era perder tempo, lá na frente ganhamos muito em velocidade, todos compreendem bem como está o processo e como deverá ser feito. Parece até que o sistema ajuda a aprender melhor os projetos.

Sr. Luciano Augusto da Silva
Curitiba – PR

“Conheci os mapas mentais como um mecanismo para agilizar o desenvolvimento de etapas em projetos de software e hoje, a partir do InteliMap, utilizo esses mapas em praticamente todo o ciclo de projetos. Mapas mentais são utilizados com minha equipe e clientes para a identificação dos produtos a serem desenvolvidos; usamos também para a identificação de riscos e para a distribuição de tarefas. Através da integração do InteliMap com o InteliFrame, agora tenho condições de editar e melhorar processos de desenvolvimento de software e a partir deles criar mapas mentais com o que chamamos de ‘Estrutura Analítica de Projeto’. Estas estruturas são detalhadas em pacotes de trabalho e atividades e então exportadas para planilhas de projeto com a integração entre o InteliMap e o Mirax Project ou o MS-Project. A lista de aplicações agora em nossa empresa é interminável: utilizamos os mapas mentais para classificar concorrentes; preparar eventos e cursos; organizar atividades de curto e longo prazo; preparar planos de resposta a risco; coletar e distribuir informações e uma dúzia de outros documentos. “Desde que eu comecei a usá-los, produzo por mês mais mapas mentais do que planilhas Excel ou documentos Word juntos!”

Sr. Peter Mello
Brasília – DF

0